O QUE O CANCELAMENTO DE "ONE DAY AT A TIME" REPRESENTA?

Não é a primeira vez que a gigante do streaming gera revolta entre os espectadores ao cancelar uma série. Então, por qual motivo o encerramento de “One Day At a Time” gerou um revolta tão grande e colocou a tag #SAVEODAAT no topo dos trending topics mundiais?

 

Que a Netflix não está aí para fazer caridade aos fãs de série e que, sim, shows que não geram lucro satisfatório para a empresa serão cancelados, todos nós já sabemos. Foi assim como Sense8, foi assim com Super Drags e é o mesmo caso de One Day At a Time que teve o anúncio do cancelamento feito na quinta-feira, 14.

 

Era uma situação um tanto previsível. A renovação não veio tão logo a 3ª temporada chegou e isso já deixou os fãs preocupados. Passou-se mais de um mês após a estreia do terceiro ano da série e nada da Netflix dizer se teríamos uma quarta temporada e, dessa forma, as esperanças começaram a ficar cada vez menores. Apesar das campanhas internet afora, Ted Sarandos bateu o martelo e encerrou o show.

 

 

O sentimento de tristeza tomou conta. Não por ser uma série que eu e você gostamos – já passamos por isso diversas vezes e seguiremos assim. Mas ODAAT se tornou mais do que uma série e isso fez com que a situação tivesse um gosto ainda mais amargo. Ao falar de representatividade, diversidade, drogas, imigração, depressão, ansiedade e abordar com responsabilidade cada um desses assuntos, a série mostrou que uma comédia pode ser sim um show inteligente.

 

Enquanto vemos esse show dar adeus aos fãs, vemos séries como 13 Reasons Why e Insatiable recebendo renovações. Não quero desmerecer nenhuma das séries – assisti as duas temporadas de 13RW e gostei, ao mesmo passo que não consegui assistir mais que o primeiro episódio de Insatiable – para quem gosta e, talvez, para o que se propõem, são seriados que cumprem seu papel de entretenimento.

 

No entanto, nenhuma delas assumiu, com responsabilidade, o trabalho de falar em assuntos importantes. Sim, 13RW fala de bullying, suicídio e depressão, no entanto, não vemos tanta responsabilidade em tratar desses assuntos – motivo pelo qual recebeu tantas críticas. É uma série que choca na forma como aborda e, apesar de ser necessário as vezes atingir direto no estômago, não consigo mudar minha opinião e dizer que é uma forma responsável de se fazer. De Insatiable nem falo, até por não ter assistido a série.

 

Meu ponto aqui não é criticar a decisão da Netflix ao renovar essas séries, mas sim a decisão de cancelar One Day At a Time. Obviamente o dinheiro falou mais alto e o fato da série não ter tanto retorno foi, com certeza, o fator principal para seu encerramento, mas se quisermos dar um contraponto, a Netflix também não fazia questão de falar da série – eu, que sou um assíduo explorador de séries novas, não havia ouvido falar até fevereiro deste ano.

 

Em outras palavras, a série foi cancelada pela falta de lucro, ao mesmo tempo em que o lucro poderia ter vindo se a Netflix tivesse feito um pouco mais de esforço ao divulgar a série. A tag #saveODAAT atingiu, em poucas horas, o topo dos trending topics mundiais. Isso mostra que há fãs, que há gente interessada em assistir o show.

 

 

Não era uma série cara como Sense8, tampouco uma série que não atingiu o número esperado – supostamente – como Super Drags. Pode ter sido só uma decisão “eu fiz por que eu quis”, mas ainda assim, o cancelamento da série representa que devemos dar mais valor a séries de assuntos importantes, que devemos dar mais atenção aos assuntos importantes e que ser responsável ao falar deles é algo crucial.

Aprendemos com One Day At a Time que assuntos como diversidade, drogas, depressão, ansiedade, imigração, masculinidade tóxica e outros precisam ser discutidos e podem ser discutidos de forma leve, sem perder sua essência de importância. Para nós fãs, resta a esperança de que alguma emissora venha a salvar o seriado e revivê-lo para uma quarta temporada. Sobre a Netflix – e qualquer emissora ou serviço de streaming – talvez tentar dar atenção real à shows com importância além do entretenimento, possa ajudar a unir o útil ao agradável: gerar retorno e continuar falando do que importa.

tags

odaat one day at a time série netflix cancelamento responsabilidade representatividade

+ FILMES E SÉRIES

últimas

x

Obrigado!

Em breve você receberá novidades.

Aguarde...