LANÇADO TEASER DA SEGUNDA TEMPORADA DE ‘3%‘

Série produzida no Brasil é um sopro de esperança na produção audiovisual daqui

’3%’ é aquela série que os brasileiros amam odiar, obviamente porque foi totalmente produzida no Brasil. Eu, confesso, gostei bastante da premissa dela, e devorei os oito primeiros episódios em poucos dias quando houve o lançamento na Netflix em novembro do ano passado. A trama não chega a ser um primor, mas os aspectos técnicos são superiores a qualquer coisa que já tenha sido produzida, inclusive na TV aberta, nos últimos tempos. E também porque gosto de distopias, coisas assim, desde 1984 (o livro, não o ano).

O brasileiro tem fama internacional de sofrer de Complexo de Vira-Lata (assim, em maiúsculas), mas não entraremos no mérito disso. Qualquer coisa audiovisual que é feita aqui tem vastíssimas chances de não fazer sucesso. Basta ver Supermax, da Globo, que também tinha uma história relativamente inovadora, atores novos e cheios de vontade de interpretar, mas quando mostraram o Pedro Bial pela primeira vez, a coisa desandou. E o motivo é simples: ele não combina com um cara sádico. O negócio dele ainda é o Big Brother. O Roberto Justus ou o Marcos Mion seriam apresentadores melhores.

E outra: o morador médio do BR, em geral, não gosta de ver série. Talvez daqui a uns quinze ou vinte anos, quando o consumidor médio de streaming herdar o planeta, a história mude.

Perceba: diz a lenda que nada menos do que dez emissoras de televisão rejeitaram 3% (feche os olhos e tente imaginar que emissoras são essas), antes de a Netflix, que não é boba nem nada, resolver produzi-la. O serviço norte-americano gravou e bancou os custos da primeira temporada e, adivinhe, deu certo na gringa. Séries estrangeiras são cult, afinal (vide Black Mirror e The Crown, inglesas, Dark, alemã, e outros). Assinantes lá fora pediam a segunda temporada, e foram atendidos. Conforme o teaser trailer, lançado na semana passada na Comic Con Experience, em São Paulo, ela será disponibilizada em 2018, mais de um ano após a primeira.

No Facebook, tinha gente falando que vai ter que assistir toda a 1ª season de novo pra relembrar a história. É justamente isso que a Netflix quer: um baita engajamento pra depois, quando a bolha está prestes a minguar, eles liberarem tudo de uma vez. Sério, o Reed Hastings é o cara mais esperto do mundo.

Em tempo: Uns 3% dos brasileiros devem adorar 3%. A Bianca Comparato também é um gracinha de atriz.

Em tempo 2: a segunda temporada da série deve focar nos jovens que sobreviveram ao Processo e foram para o Maralto. Se você não sabe o que são Processo e Maralto, faça como eu: assista a primeira temporada e depois vem me contar o que você achou.

 

Assista ao teaser trailer da segunda temporada de 3%

 

tags

3% série netflix brasil

+ FILMES E SÉRIES

últimas

x

Obrigado!

Em breve você receberá novidades.

Aguarde...