ENOLA HOLMES: 5 MOTIVOS PARA ASSISTIR A NOVIDADE IMPERDÍVEL DA NETFLIX

Quem ainda não parou pra assistir Enola Holmes, estreia da semana da Netflix, fica a recomendação desse filme gostoso de assistir, recheado de mistério, ação e carisma e com um elenco de respeito. Quer mais motivos?

Na verdade não é preciso fazer um grande esforço para se interessar pela obra, basta assistir ao trailer para ter vontade de tentar desvendar os mistérios que norteiam o filme e acompanhar a aventura estrelada por Millie Bobby Brown. 

 

Mas para te pilhar ainda mais de embarcar com a protagonista da trama nessa história, hoje eu trouxe 5 motivos que vão fazer você colocar Enola Holmes na lista de prioridades. Se liga só:


1. O filme é acessível para todas as idades

 

Enola Holmes é aquele filme que você pode assistir sozinho, acompanhado do @, em família, enfim… Apesar da trama ser carregada de mistério e de alguns momentos de tensão, ele é leve na forma como é conduzido e por isso é fácil de agradar ao público.

 

Resumindo, a história se passa em 1884 e não há idade para não gostar da trama, embora Enola tenha 16 anos e possa ser uma referência para os mais jovens, despertando mais a atenção desse público - mas eu por exemplo tô quase nos 30 (shiu!) e gostei bastante.

 

2. A trama é bem articulada e o clima de mistério prende o espectador

 

O enredo inicial da trama gira em torno do misterioso sumiço de Eudoria Holmes, mãe da protagonista, levando Enola a tentar desvendar esse mistério e partir para Londres em busca de sua progenitora. 

 

Ela só não contava que seus irmãos, Sherlock - sim, o próprio - e Mycroft Holmes, com quem Enola não tinha contato até então, surgissem para complicar a procura pela mãe ao impedirem a protagonista de seguir o seu próprio caminho em busca de Eudoria. E não só isso, eles contratam uma senhora para ensinar Enola a se comportar e ter os bons costumes de uma moça, seguindo o ritual machista da época que ainda hoje é perpetuado.

 

 

 

Prometo que não vou dar spoiler, esse é o pontapé inicial do filme, que logo no início já mostra Enola fugindo e sem querer conhecendo um lorde adolescente que, ao contrário dela, está fugindo da própria mãe. A protagonista acaba salvando a vida do lorde Tewksbury - que é o oposto de Enola: cheio de etiqueta e sensível, um verdadeiro “Donzelo” - mas não muito tempo depois perde o contato com ele. E posteriormente, por razões que não vou mencionar aqui, acaba procurando o novo amigo de volta, maximizando o mistério da trama ao mesmo tempo em que reconstitui os passos da mãe para entender o que pode ter acontecido com ela.

 

Vale lembrar ainda que a história se passa enquanto a Inglaterra está decidindo se aceita ou não a participação feminina nas eleições. O que nos leva ao próximo motivo: 


3. O filme traz lições feministas e reforça a independência das mulheres

 

Desde o início da obra é possível notar Enola como uma garota que, educada por sua mãe, desafia a sociedade ultraconservadora da época ao não se preocupar em procurar um marido desde cedo e usar espartilho.

 

Eudoria ensina a Enola um princípio que deveria ser seguido por todas e resume bem o filme: "Existem dois caminhos que você pode seguir, Enola: o seu, ou o caminho que os outros escolherem para você." Nisso fica bem claro a influência materna na vida da protagonista, que aprende desde criança a se defender lutando jiu jitsu, correndo e fazendo experimentos científicos. 

 

 

Essa liberdade feminina no entanto é barrada no momento em que Enola fica sob a tutela de seus irmãos e inclusive é forçada a aprender a rir como uma donzela - essa cena é hilária de tão ridícula! Apesar dessa repressão, Enola nunca perde a essência feminista na qual foi criada, sempre lembrando das palavras da mãe, inclusive no momento em que protege o lorde que surge em seu caminho: "Pinte sua própria imagem. Não se deixe distrair por outras pessoas, especialmente homens."

 

Acho que não preciso falar mais muita coisa pra mostrar o quanto o filme reforça a independência das mulheres, né?

 

(Só mais uma curiosidade mostrada no filme: De trás pra frente, Enola é "alone" - sozinha, em inglês - característica que é representada de forma muito positiva na pele da personagem, porque ser só pode ser um caminho para a liberdade)

 

4. A protagonista é super carismática e inspiradora

 

A personagem de Enola tem tudo para chamar nossa atenção e nos inspirar, seja em suas falas ou atitudes, mas a interpretação e o carisma de Millie Bobby Brown com certeza ampliaram essas características da protagonista. 

 

Se despindo da nossa amada e memorável Eleven e dando rosto a uma nova personagem, Millie consegue da mesma forma envolver o telespectador, tanto nos momentos em que olha e conversa com a câmera quanto em suas cenas de luta e ação. 

 

 

Resumindo, o papel caiu como uma luva e encanta quem tá assistindo, sem desmerecer é claro a construção da personagem, que chama a atenção justamente por romper os padrões do século XIX e assumir uma postura fora do comum para as garotas da época. Seus traços de força, coragem e autenticidade merecem destaque e contam pontos para querer assistir ao filme.

 

 

5. Não é “só” Millie, o elenco é de peso

 

Apesar do grande espaço ocupado por Millie como a protagonista da trama, é preciso destacar que todo o elenco é muito bem representado com atores e atrizes consagrados. A começar pela incrível Helena Bonham Carter, a Eudoria Holmes, mãe de Enola, Sherlock e Mycroft.

 

Aliás, os irmãos homens também são interpretados por estrelas de Hollywood: Henry Cavill no papel de Sherlock e Sam Claflin como o irmão chato Mycroft. 

 

O lorde que estrela o filme é Louis Partridge, que até então não participou de nenhuma obra de renome mas cumpre muito bem seu papel e com certeza ganhará reconhecimento após essa atuação.

 

Vale citar ainda a participação de mais duas atrizes maravilhosas que atuaram junto a Helena Bonham Carter em Harry Potter e trazem aquela nostalgia de Hogwarts: Frances de la Tour como a Sra. Tewksbury, avó do lorde, e Fiona Shaw como Miss Harrison, contratada para ensinar bons costumes a Enola.

 

 

Depois de entender um pouquinho melhor a história e conhecer esses motivos, basta acessar a Netflix pra se aventurar e se inspirar com Enola Holmes. Bom filme!






 

 

tags

enola holmes netflix feminismo dicas filmes

+ FILMES E SÉRIES

últimas

x

Obrigado!

Em breve você receberá novidades.

Aguarde...