A LEI DE GODWIN ESTÁ CERTA

Ambiente tóxico nas discussões online só cria ofensas que não levam a lugar nenhum.

Mike Godwin é um advogado norte-americano, mas que acabou criando uma das sacações mais fantásticas da história da cibercultura, e numa época em que o termo "cibercultura" ainda não existia, quanto mais a tecnologia que temos hoje. Aliás, a tecnologia que temos hoje não existia há uns cinco anos, mas este é um assunto para outra postagem.

 

Era 1990 (a palavra cibercultura só foi surgir em 1997), e os usuários de computadores se comunicavam utilizando a Usenet, que nada mais era do que um amontoado de fóruns de usuários. Ou seja, por ordem de mais aceitável ao menos aceitável: bem ou mal, ela foi avó do Reddit, do 4chan, do Pandlr e dos comentários no G1.

Godwin era um dos usuários que passou a perceber uma seríssima relação entre o perfil das pessoas que utilizavam as redes e o nível de discussão ao qual cada reply levaria. E ele foi um dos pioneiros a perceber que um comentário mais áspero sempre levava a outra ofensa, e mais outra, até que o ambiente virava uma baderna só. Numa época em que moderadores não existiam, Godwin cravou:

"Quando uma discussão online se prolonga, a probabilidade de surgir uma comparação envolvendo Adolf Hitler ou o nazismo aproxima-se de 100%."

E ele estava extremamente certo, apesar do próprio enunciado ser "retórico" e "pedagógico". A Lei de Godwin é aplicável a toda a esfera comunicacional online, pois o nazismo é aceito como símbolo do pior do que a humanidade pode produzir em termos de forma de governo, pensamento e sociedade. Por isso, comparar qualquer coisa com Adolf Hitler significa quase o extremismo elevado à potência infinita.

Sei lá, só tô trazendo um tweetzinho, nada mais.

Observem o Brasil: por aqui, se tornou complicado ficar alheio às discussões sobre política depois que tanta coisa aconteceu nos últimos meses, e nesse universo de "coxinhas" e "petralhas", todo mundo perde, na minha visão. Não se trata de ficar em cima do muro, é não estar a fim de participar do debate e não estar a fim de mudar esta perspectiva.

Ao mesmo tempo, isto cria uma sensação angustiante de que você está por fora da discussão, e se todo mundo pensasse que nem você, nem discussão haveria, e a web baseada na colaboração dos usuários não teria razão de ser. Na falta de um argumento, a maioria vai lá e xinga o adversário mesmo.

Ponto para a Lei de Godwin, que pode ter sido puro sarcasmo, contudo ela foi refinada de modo que explica o comportamento de quase todo mundo no ambiente online. Até hoje.

tags

geek lei de godwin internet online

+ FILMES E SÉRIES

últimas

x

Obrigado!

Em breve você receberá novidades.

Aguarde...