“NOSSO PLANETA”: MAIS DO QUE BELAS IMAGENS

A série documental da Netflix parece mais um dos programas de canais por assinatura como Animal Planet ou Discovery Channel, mas a verdade é que é muito mais do que apenas um apanhado de belas imagens e uma aula sobre de biologia do planeta Terra.

Todos já tiveram, mesmo que apenas passando pelos canais, algum contato com as séries documentais de emissoras como Animal Planet ou Discovery Channel. Os canais especializados em assuntos voltados para biologia, planeta terra, animais, flora e afins não são lá os mais adorados pelos espectadores, mas sem dúvida são os com produções mais impactantes em beleza de imagens.

 

Dito isso, temos a nova série documental da Netflix: “Nosso Planeta”, que poderia ser mais uma dessas séries com milhares de horas de gravação em 4K espalhadas em oito episódios para vermos belas paisagens, animais exóticos e incríveis e a vida seguindo seu curso, porém faz isso com um alerta - um importante alerta.

 

Em primeiro lugar temos as belas imagens, claro. São cerca de 400 mil horas de gravações feitas em 60 países. Temos ainda uma vasta e belíssima exibição de animais absurdamente incríveis e que enchem os olhos de quem está assistindo a produção. Dos oceanos aos desertos, passando pelos campos e florestas tropicais, além das áreas congeladas, uma viagem pela Terra e por tudo que ela tem de mais bonito.

 

 

No entanto, quando isso tudo é colocado em segundo plano, a série que conta com apoio do WWF, mostra seu ponto principal: o alerta. A cada episódio um pouco das situações rotineiras dos animais é mostrada, no entanto, há mais a ser falado além de como os albatrozes se alimentam de anchovas em alto mar.

 

Quando a série exibe bisões pastando nas planícies norte americanas, ela também fala de como aquele habitat perdeu 90% de seu território para a agricultura e as manadas tiveram uma redução assustadora em menos de dois séculos. Ao mostrar o calmo nado de uma baleia azul com sua cria, ela também lembra que a caça comercial quase extinguiu a espécie e que, agora, aos poucos ela tenta se recuperar.

 

A série exibe belas imagens em 4K e nos dá um soco no estômago ao lembrar que estamos acabando com essas belezas naturais aos poucos. Lembra também que devemos pensar para ontem na preservação das espécies e que cada habitante do planeta tem um motivo para estar lá - mostrando cenas de coexistência onde a ação de uma espécie gera benefício e troca com outra.

 

“Nosso Planeta” poderia ser mais uma série documental sobre a natureza clichê, mas se apresenta como uma série com potencial para fazer mais do que encher os olhos do espectador, ela vem com o intuito de fazer pensar no que estamos fazendo com o mundo e qual o legado que queremos deixar.

 

 

Afinal, conseguiremos lidar com o fato de que estarmos destruindo o planeta, aumentando a temperatura e gerando cenas lamentavelmente tristes como a fatídica - e traumática - “cena das morsas” no segundo episódio (para a qual a Netflix incluiu um alerta)? O erro, na verdade, está em pensar que não sofremos com os danos que nós mesmos causamos e a série deixa bem claro que sim, sofreremos.

 

 

tags

nosso planeta série documental documentário morsas planeta 4k cenas animais

+ FILMES E SÉRIES

últimas

x

Obrigado!

Em breve você receberá novidades.

Aguarde...